VER PARA CRER

O percurso espiritual oferecido neste livro mergulha na antiguíssima tradição de falar do invisível, por meio da arte e do símbolo, pois as coisas

O percurso espiritual oferecido neste livro mergulha na antiguíssima tradição de falar do invisível, por meio da arte e do símbolo, pois as coisas criadas transparecem a presença de quem as criou. Neste ponto é que passamos a entender que é preciso ver, para então crer. A criação já traz em si essa potência simbólica de nos remeter ao seu criador. Os Padres da Igreja ensinavam os neoconversos tratando de inseri-los no mistério. Qual era a sua metodologia? As catequeses mistagógicas, que nada mais eram do que a explicação daquilo que havia sido visto, experimentado, vivido nos ritos sacramentais, na liturgia. É por este motivo que a imagem que ilustra a capa deste livro propõe a compreensão do mistério da encarnação. A virgem Maria sustenta em seus braços o Filho de Deus, ao mesmo tempo em que estende a mão para indicá-lo como caminho. Verdadeiro Deus e verdadeiro homem, ele é a única ponte de comunhão entre o céu e a terra, o caminho por meio do qual nos foram abertas as portas da eternidade. A Virgem nos convida a ver além das aparências, pois este menino que é seu filho, é também o seu Criador. Com o véu de sua carne ele oculta e revela o invisível, do qual Ele é a imagem (Col 1,15). Ressuscitado na carne ele subiu aos céus, mas continua presente no mundo e de modo eficaz nos sacramentos da Igreja, mas é preciso ver para crer. Mergulhe espiritualmente em cada página deste livro e descubra o belo pela arte, o quanto o nosso Criador fez tudo com extrema perfeição e excelência.

CARACTERÍSTICAS